Biologia | Comunicação de Ciência

Alguns projetos

Sustentabilidade

BioLiving

A Associação BioLiving  visa promover a sustentabilidade, fomentando o contacto e o respeito pela natureza e proporcionando oportunidades educativas.
Natureza e Educação para todos, por um mundo mais justo e sustentável.

 

Este projeto foi galardoado com o Prémio Terre de Femmes 2015 nacional, internacional e escolha do público.

IMPRINT+

O Projeto IMPRINT+, que coordeno, está a ser desenvolvido por um consórcio europeu liderado pelo Departamento de Biologia da Universidade de Aveiro.

 

Bastante abrangente, o IMPRINT+ inclui valências como a mobilidade e formação de alunos, professores, auxiliares educativos e técnicos autárquicos da área do ambiente, um projeto piloto demonstrativo das boas práticas no contexto da compensação da pegada ecológica – que terá Lousada como laboratório vivo, o envolvimento da sociedade para o mapeamento e correção de áreas degradadas e um espírito de ‘competição saudável’ na disputa das equipas mais eficazes na compensação da pegada ecológica. Tudo isto alicerçado em pesquisa sobre o estado da arte e as práticas mais vanguardistas nos campos da sustentabilidade e da educação ambiental.

Projetos Internacionais

Bussaco Digital

O Bussaco Digital consiste numa plataforma online que procura incentivar a comunidade a participar na reflorestação da Mata do Buçaco, após ter sido especialmente atingida pelo ciclone Gong (Janeiro de 2013). A comunidade pode contribuir comprando árvores que serão plantadas e georreferenciadas para referência do utilizador, ou oferecer dedicatórias das árvores notáveis da Mata. O Bussaco Digital é um projeto da Fundação Mata do Bussaco (FMB), desenvolvido em parceria com a Universidade de Aveiro (UA), a Fundação PT e o SAPO Labs.

Neste projeto (ideia original de Nelson Matos) fiz "a ponte" entre a UA e a FMB, e colaborei em todo o processo de criação de conteúdo e otimização das funcionalidades da plataforma.

 

Este projeto foi distinguido como Melhor Projeto de Comunicação para a Conservação da Natureza na Europa, pela Federação Europarc.

Inovação

Impacto da intensificação
agrícola e florestal sobre a biodiversidade

Este foi o tema do meu doutoramento. Este estudo de 6 anos comprovou que a intensificação agrícola e silvícola produz efeitos negativos sobre a abundância e diversidade de vertebrados. Os habitats mais "saudáveis" são os que mantêm uma elevada complexidade estrutural, quer na componente horizintal, quer na vertical, quer mesmo na temporal. Na região centro do País, as florestas mistas e a agricultura tradicional, de subsistência, são ecossistemas de alto valor de conservação, que devem ser preservados e fomentados. As produções monoculturais, devem ser urgentemente repensadas.
Mais projetos de investigação no meu CV.

Investigação

Consultadoria
Monitorização de vida selvagem
Estudos de impacto ambiental
Controlo de invasoras
Restauro de ecossistemas

Enquanto bióloga, tenho participado em diversos estudos de impacto ambiental e monitorizações de vida selvagem, principalmente de vertebrados. A minha atividade profissional inclui também serviços de consultadoria e acompanhamento relacionados com biologia e conservação de espécies e ecossistemas.

Biologia

Life + BRIGHT
Certificação Florestal - Mata do Bussaco

A Mata Nacional do Bussaco tem sido uma das minhas principais áreas de estudo, onde tive o privilégio de empreender o 1º estudo faunístico daquele espaço, à luz da ciência moderna. Além da caracterização faunística, elenquei também os seus altos valores de conservação.

Estes dados foram uma das bases necessárias para novos projetos e objetivos conservacionistas.

Em 2010, a Mata viu aprovado o Projeto BRIGHT, financiado pelo instrumento LIFE, da União Europeia e visando a proteção dos altos valores de conservação da Mata, nomeadamente o adernal, da ameaça advinda de espécies exóticas invasoras.

Em 2013, a Mata tornou-se a 1ª floresta pública nacional certificada (FSC e PEFC), tendo sido classificada como "Floresta de Alto Valor de Conservação".

Conservação

Revisão científica
de documentários de vida selvagem

Tenho tido a honra e o prazer de colaborar na revisão científica e tradução dos documentários de vida selvagem de Daniel Pinheiro, nomeadamente:

- Mondego (2011)

- Entre o Céu e as Marés (2012)

- Between the Sky and the Tides (2012)

- O Cante da Terra (2013)

- Alentejo - The Song of the Earth (2013)

Divulgação

de Ciência

Ensino
Formação
Orientação de alunos

Enquanto comunicadora de ciência, o ensino, formação e supervisão são paixões naturais. Na Universidade de Aveiro leciono aulas de biologia, conservação, zoologia e técnicas de campo desde 2004. Na Unidade de Vida Selvagem (Dept. Biologia) tenho tido oportunidade de orientar projetos de investigação de alunos de licenciatura e mestrado, com temas como:

- Mestrado “Uso de habitat, dieta e reprodução da águia-sapeira Circus aeruginosus no Baixo Vouga Lagunar”, Michelle Silva Alves.

- Mestrado “Preferência alimentar de mamíferos, com vista ao potencial de dispersão de sementes”, Lúcia Pereira.

- Pesquisa “Potencial do rato-de-campo para o controlo de espécies exóticas invasoras do género Acacia”, Cátia Paredes.

- Pesquisa “A comunicação de ciência como ferramenta de reinserção social”, Sofia Jervis.

Sendo formadora certificada, tenho também dado formação nas áreas de biologia e comunicação de ciência em diversos eventos e entidades.

Ensino e Formação

Exposições

As exposições são ainda um veículo importante para levar a ciência ao público e, assim, promover a cultura científica. Desde 2011 tenho participado em diversas exposições individuais ou coletivas sobre biodiversidade.

Divulgação

de Ciência

Serviço Educativo
da Mata Nacional do Bussaco

No âmbito do meu pós-doutoramento em Comunicação de Ciência, focado na promoção dos valores naturais e da cultura científica, criei em 2011 o serviço educativo da Mata Nacional do Buçaco. Mais do que disponibilizar atividades de educação ambiental ou de enriquecimento curricular para crianças e jovens, pretendeu-se desenvolver um serviço educativo verdadeiramente integrativo, abrangente, intergeracional e replicável. Mais ainda, aspirou-se ao desenvolvimento de um “laboratório de educação”, aplicando-se o método científico às atividades desenvolvidas, no sentido de melhorar a oferta e a respetiva eficácia educativa.
As oficinas temáticas são complementadas com materiais pedagógicos desenvolvidos especificamente para aquela realidade, como miniguias de campo e jogos didáticos.

 Educação

Ambiental

Criatividade
Paginação

É sabido que uma boa imagem pode transmitir mais que mil palavras. Como tal, em comunicação de ciência, a imagem é um elemento de grande relevância. Neste contexto, tenho criado diversos logotipos, flyers, capas de livro, entre outros elementos, muitas vezes integrados em livros, revistas, relatórios e outros documentos escritos cuja paginação está também a meu cargo.

 Design

Gestão de comunidades
Parcerias

Estabelecer parcerias e integrar/desenvolver comunidades reais e digitais são hoje valências incontornáveis de qualquer serviço, negócio ou equipa.

Tenho sido responsável pelo estabelecimento de parcerias estratégicas para as entidades com quem trabalho. No universo virtual, tenho também sido responsável pela gestão de comunidades e plataformas online, de forma a que a informação possa estar sempre onde e com quem é importante que esteja.

Networking

Esta é uma pequena amostra do meu trabalho.
Para saber mais ou discutir possíveis trabalhos >>

Milene Matos

PT | EN

Follow me

 

 

 

  • facebook
  • LinkedIn Clean

©

 

©2014 Milene Matos

Todos os direitos reservados.


 

logoImprintPlus.jpg